Arquivo de agosto, 2013

ESCRACHO À REDE GLOBO! #foraglobo

Publicado: 31 de agosto de 2013 em Comunicação, Luta

A TV dispara imagens que reproduzem o sistema e as vozes que lhe fazem eco. E não há canto do mundo que ela não alcance. O Brasil inteiro é uma vasta zona sul carioca. Nós comemos emoções importadas como se fossem salsichas em lata. Enquanto os jovens, filhos da televisão, treinados para contemplar a vida ao invés de fazê-la sacodem os ombros. Na América Latina a liberdade de expressão consiste no direito aos resmungos em alguma rádio ou jornais de escassa circulação. Os livros não precisam ser proibidos pela polícia: os preços já os proíbem. Pela democratização da mídia, já!

É preciso democratizar as comunicações no Brasil.

Nós, do Levante Popular da Juventude, saímos às ruas nessa noite para denunciar o domínio da comunicação brasileira por pouquíssimos grupos econômicos que todos os dias, através dos seus noticiários, programas e novelas despejam um monte de mentiras e baboseiras para enganar o povo.

Dos grandes grupos nacionais, as Organizações Globo controla, sozinha, 69 veículos de comunicação. Todos vinculados às redes Globo de televisão, Globo de rádio e CBN de rádio, além de o jornal O Globo, portal na Internet e editora, revistas e muito mais. Para tal, recebe 70% de todo investimento público em comunicação.

Esse e outros grandes grupos só se mantêm porque a publicidade é grande parte de sua programação e porque o Estado assim permite. Pela lei, rádios e TVs não pertencem a quem o controla: é uma concessão pública que necessita cumprir certos deveres para se manter. Mas estes deveres são totalmente deixados de lado. Como constatamos todos os dias ao ligar o rádio ou a TV, a Globo não se importa com programas educativos ou que permitam o povo brasileiro se expressar.

Não podemos esquecer também que no passado as Organizações Globo foram um dos grupos que apoiaram o Golpe Militar de 1964 e hoje oculta casos como a “Privataria Tucana” e o “Mensalão Mineiro”, escolhendo e manipulando as notícias que chegam a nós. Criminaliza constantemente o povo que luta, os chamando de vândalos e apoiando ações da polícia e da polêmica UPP.

Sem falar no total silêncio sobre a o fato de a Globo dever R$ 178 milhões ao tesouro Nacional e mais R$ 600 milhões à Receita Federal! Os interesses do nosso povo e dos movimentos sociais nunca serão defendidos por esses grupos!

Nós, como integrantes da juventude brasileira, lutaremos por uma mídia livre! Uma mídia onde o povo mande e se expresse!

Democratizemos a mídia, socializemos a informação!

Anúncios